Blog Meu Despachante
Modern technology gives us many things.

Imprevistos acontecem, mas podem ser contornados em até 12x

Se existem débitos do seu veículo, busque uma alternativa de pagamento viável como o parcelamento em 12x, por exemplo

0
Proprietários de veículos sabem bem: o carro é o nosso melhor amigo até que comece a dar algum tipo de dor de cabeça. Seja financeiro ou por problemas técnicos, imprevistos acontecem. Mas a boa notícia é que boa parte deles sempre podem ser contornados. Inclusive parcelados em até 12x. Um dos motivos que pesam no bolso, são as taxas veiculares em atraso. Para continuar rodando com o veículo, com tranquilidade, é necessário que o IPVA e principalmente o licenciamento do ano vigente esteja pago. Mas em ano de crise econômica no país, alta taxa de desemprego e instabilidade, os débitos das famílias, passam a ocupar um lugar chamado fila das prioridades. Umas contas estão no topo, outras mais deixadas de lado. Ou seja, cada um sabe o que é mais importante e urgente a ser pago no momento e o que pode ser deixado para uma nova oportunidade, ou quando as coisas melhorarem. Acontece que quem utiliza o veículo como meio de transporte ativo, com necessidade de deslocar-se todos os dias para chegar ao trabalho, levar e buscar as crianças na escola ou circular com o carro como meio de subsistência – caso do transporte privado, entende que os imprevistos que prejudiquem o pagamento das tarifas obrigatórias, prejudicam também toda uma rotina de vida. Aproveite e faça uma consulta de multas online agora mesmo.

Como contornar imprevistos

Sacrificar a rotina por conta de um débito do veículo que não foi pago por esquecimento – sim acontece! – ou real falta de crédito na conta bancária, não é o mais sensato a fazer. Quem precisa do carro, perde dinheiro quando mantém ele parado. Por outro lado, rodar com o veículo com licenciamento vencido também pode ser uma péssima escolha. O problema está em infringir uma lei. É proibido circular com o veículo após a data de licenciamento do mesmo. Não existe anistia, ou aqueles 30 dias de prorrogação após o vencimento. Quando o mês que corresponde ao vencimento de uma placa para licenciar, chega ao fim, também termina o direito do proprietário de colocar o veículo na rua. Até que o documento seja regularizado. Se o proprietário de veículo tem apenas o licenciamento 2019 para pagar, mas ainda não o fez, existem alternativas simples. O valor do licenciamento desse ano é de R$90,20 + a tarifa de entrega. Agora, se sobre o veículo constam outros débitos como multas, IPVA e DPVAT em atraso, é preciso pagar tudo antes de pedir um documento novo. O licenciamento do ano passado também deve estar pago para resolver o documento desse ano. É importante lembrar que sobre o IPVA são cobrados juros diários depois de março. Na ponta do lápis essa somatória pode sair mais cara do que se pensava, porque o licenciamento atrasado acarreta multa de R$293,47. Então, uma irregularidade passa a ser um imprevisto financeiro, quando o proprietário resolve arcar com a dívida e descobre que ela é bem maior que no início.

Uma saída prática é o parcelamento da dívida

Parcelar os débitos do veículo é uma prática que pode ajudar o proprietário em situações de imprevisto. O Detran-SP só permite o parcelamento do IPVA, no início do ano, com data pré-estabelecida nos nos meses de janeiro, fevereiro e março. Depois dessa data, é possível parcelar a conta em 12x, em um despachante online como o Meu Despachante. Além disso, todos os outros débitos como multas e o licenciamento propriamente, podem fazer parte desse parcelamento. Caso ocorram imprevistos ao longo do ano, como multas, o proprietário já licenciado, fica livre dessa nova dívida até o próximo licenciamento.

Aproveite e faça uma consulta de multas online agora mesmo.

 

Que tal experimentar?

 

www.meudespachante.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.